Ray Pay é uma solução de pagamentos para pessoas deficientes visuais.

Nosso app oferece autonomia, segurança, privacidade e acessibilidade aos cegos na hora de fazerem seus pagamentos presenciais.

O nome surgiu como uma homenagem a Ray Charles, músico americano cego, que recebia os cachês das apresentações apenas em notas de um dólar, para ter controle dos seus recebidos.

Nosso time e ideia nasceu na participação do Ideation Week da Cielo na Fábrica de Startups Brasil, em novembro de 2019, onde ganhamos o primeiro lugar.

MVP da solução

Mais detalhes nas nossas redes sociais!

Saiba mais

ODS 2030

ODS 2030

O desenvolvimento sustentável reconhece, dentre outras atividades, o combate às desigualdades e a promoção da inclusão social. Dentro dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, a Ray Pay se enquadra no 9 (Inovação) e no 10 (Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles)

Estatua da Lei

De acordo com as principais leis de acessibilidade

Constituição de 1988: garantir os direitos sociais e individuais das pessoas.
Lei 10.098 12/2000: autonomia dos deficientes e oportunidade para todos.
Decreto 5.296 12/2004: normas da ABNT como parâmetros de acessibilidades.
Lei 13.146 07/2015: Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência.

www.000webhost.com